Estimulação magnética do encéfalo pode melhorar a atividade cerebral de pacientes de EM

APEMSMAR > Notícias  > Estimulação magnética do encéfalo pode melhorar a atividade cerebral de pacientes de EM

Estimulação magnética do encéfalo pode melhorar a atividade cerebral de pacientes de EM

Investigadores relatam que estimulação magnética repetida do encéfalo pode ajudar na reconstrução das conexões cerebrais de pacientes de EM. A estimulação pode ajudar na melhora da memória de trabalho, requerida em tarefas diárias como os cálculos mentais.

 

Estimulação magnética é atualmente usada nos USA como tratamento para depressão e ansiedade. Eletrodos são colocados no couro cabeludo e eles enviam impulsos a áreas especificas do encéfalo para estimulá-las.

Foram estudados pacientes de EM (17) e indivíduos sadios (11) em três sessões. Antes e depois do procedimento, os participantes foram analisados por testes de imagem e neuropsicológicos para avaliar a memória. Os resultados indicam que a estimulação não teve efeito nos indivíduos sadios e teve nos pacientes de EM. Assim, a estimulação tem um papel potencial na reabilitação cognitiva dos pacientes de EM. Mais estudos são necessários para confirmar esses resultados preliminares, bem como sua segurança e eficiência como tratamento da EM.

Fonte: Multiple Sclerosis News Today Copyright © 2013-2017 BioNews Services,

 

Comentário: Este tratamento ainda é experimental, mas, os resultados preliminares são promissores.